Histórico

A Associação dos Ex-Alunos da Universidade Federal de Viçosa (AEA), fundada, oficialmente, no dia 15 de dezembro de 1935, tem a finalidade de congregar os ex-alunos da UFV e os das instituições anteriores a ela, procurando manter seu espírito e suas tradições, robustecendo os vínculos entre seus ex-alunos e a Universidade. A idéia de sua fundação, no entanto, já havia germinado, em épocas anteriores, no sempre ativo, dinâmico e imaginoso espírito do então Diretor da Escola Superior de Agricultura e Veterinária do Estado de Minas Gerais (ESAV), Dr. João Carlos Bello Lisbôa, que assim se expressou, “ipsis litteris”, em expediente dirigido aos ex-alunos de então:

Viçosa, Outubro de 1935

Ilmo. Snr.
Prezado Ex-aluno,
A Escola Superior de Agricultura e Veterinária do Estado de Minas Geraes, de accôrdo com o plano previamente estabelecido, commemorará, este anno de 1935, o anno de sua realização, com a formatura da primeira turma de médicos veterinários. Para maior brilhantismo das solemnidades commemorativas de tão grande acontecimento para a vida da nossa Pátria, a Escola resolveu convocar um Congresso de ex-alumnos seus (os que tiveram terminado, pelo menos, um semestre lectivo na Escola e não tenham sido afastados disciplinarmente), com o fim especial de tomar conhecimento dos resultados que vêm os ex-alumnos alcançando na vida prática e obter suggestões que tragam ao Estabelecimento a garantia de ser cada vez mais útil aos interesses agrícolas de Minas Geraes e do Paiz. Para regularidade dos trabalhos realizar-se-ão duas sessões, sendo a de abertura do Congresso e início dos trabalhos às 20,30 horas de 14 de Dezembro deste anno e continuação às 14,30 horas do dia 15, também de Dezembro, podendo ser prorrogadas, si preciso fôr. Caso seja do agrado dos ex-alumnos presentes ao Congresso, fundar-se-á a Associação de Ex-Alumnos da ESAV, que terá por fim, entre outros, o de manter e propagar os princípios básicos da nossa querida Instituição. Solicita-se, com empenho, a presença do presado ex-alumno, cuja adhesão peço, com a possível brevidade, para que se possam tomar as providências relacionadas com a sua hospedagem. Informo-lhe que as festividades de formatura se realizarão a 15 de Dezembro, como de costume, sendo paranymphos o Sr. Dr. Humberto Bruno, Director da Produção Vegetal do Ministério da Agricultura e o signatário deste, seu ex-Director. Sirvo-me do ensejo para manifestar meus votos de felicidades ao presado ex-alumno a quem apresento as minhas

Saudações cordeaes.
Escola Superior de Agricultura e
Veterinária do Estado de Minas Geraes

_________________________________
J. C. Bello Lisbôa - Director

Com isso, aos 14 dias do mês de dezembro de 1935, às 20 horas e 30 minutos, na sala de leitura da Escola Superior de Agricultura e Veterinária, por convocação especial, reuniram-se seus ex-alunos para a abertura do Congresso proposto pelo Dr. João Carlos Bello Lisbôa, com a presença da Congregação da Escola e do Dr. Humberto Bruno, que representava, também, o Dr. Odilon Braga, Ministro da Agricultura. Após ligeiras palavras de apresentação das finalidades do Congresso, o Dr. J. C. Bello Lisbôa propôs a aclamação de um diretor para os trabalhos, tendo sido aclamado o nome do professor Antônio Secundino de São José, que, assumindo a Presidência da sessão, convidou, para fazer parte da mesa, o engenheiro-agrônomo José Darcy Garcia Nogueira e o técnico-agrícola Carlos Alberto Lott. Agradecendo a honra e a distinção que lhe haviam sido confiadas, o presidente aclamado submeteu um projeto de Estatuto para a Associação de Ex-Alunos da ESAV – cuja fundação constituía a principal finalidade do Congresso – para um estudo prévio, antes de ser apresentado para discussão. Com isso, a sessão foi suspensa até as 14 horas e 30 minutos do dia 15, quando foram reiniciados os trabalhos, com a conseqüente aprovação do Estatuto, que continha 26 artigos, distri-buídos em sete capítulos. Na mesma oportunidade, foi eleita, ainda, a primeira Diretoria da Associação recém-criada, que ficou assim constituída: Antônio Secundino de São José (Presidente), Henrique Floriano Galante Sauer (Secretário) e Benito Furtado de Mendonça (Tesoureiro). Há registros de que os ex-alunos presentes, em número superior a uma centena, participaram ativamente do Congresso, porém, assinaram a ata de fundação, e, por isso, são considerados fundadores, somente os ex-alunos seguintes: Henrique Floriano Galante Sauer, Antônio Secundino de São José, Benito Furtado de Mendonça, Carlos Alberto Lott, Geraldo Soares Brandão, Luiz Martins Soares Sobrinho, Geraldo Gonçalves Carneiro, Jarbas Martins da Silva, José Antônio Monteiro de Barros, João Ribeiro Gomes, Amyntas de Assis Lage, Geraldo Teixeira Vidigal, Sylvio Starling Brandão, Santiago Peluffo, Oswaldo Ferreira de Aguiar, Isaías Leite Duarte, Jurema Soares Aroeira, Vicente de Paula Machado, José Bento de Mello Carvalho, Francisco Barbosa de Carvalho, Lourenço Moreira Dias, Daniel Mello, Affonso Garcia de Mattos, Luiz Gandra Bittencourt, Anastácio Ruas de Toledo, Joaquim Fernandes Braga, Eudoro Octaviano Monteiro de Souza, Geraldo Faustino de Souza Cunha, Sebastião de Souza Lima, Arthur Pereira Coelho, José de Aquino, Marciano Homem de Faria, Helvécio Martins da Costa, Cyro Ferraz, Geraldo Homem de Faria, Aureliano Reis, Silvino Peregrino, Humberto Sabóia de Albuquerque, Moacyr Ladeira, Boaventura Álvares Gomes, Sylvio Pereira da Silva, José Martins Soares, Frederico Vanetti, João Dias Rolim, Octávio de Almeida Drummond, Sylvio Costa Marques, Hélios Cintra Bastos Tigre, Luiz Rôxo da Motta, Carlos Soares de Almeida, Hélio Raposo, Geraldo Corrêa, José Darcy Garcia Nogueira, Geraldo Corrêa (por procuração de Paulo Penna de Salvo), Darcy Nogueira (por procuração de João Diniz Horta Pinto), José Gomes Mosqueira, José de Araújo Amorim, Francisco da Silva Guimarães e José de Carvalho Janotti. Obviamente, com o decorrer dos tempos e considerando as diversas fases pelas quais passou a nossa Instituição, vale registrar que a Associação de Ex-Alunos da Escola Superior de Agricultura e Veterinária (ESAV) passou a se chamar Associação de Ex-Alunos da Universidade Rural do Estado de Minas Gerais (UREMG), a partir de 16 de dezembro de 1952, e Associação dos Ex-Alunos da Universidade Federal de Viçosa (UFV), a partir de 15 de dezembro de 1969. Conseqüentemente, desde a sua fundação até os dias atuais, a AEA também teve seu Estatuto passando por ligeiras modificações e apropriadas adequações semânticas, conforme registros e averbações datados de 3 de junho de 1942, 10 de janeiro de 1953 e 1o de dezembro de 1986, como exarado nos livros próprios do Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Viçosa, MG. Cronologicamente, foram presidentes da AEA: Antônio Secundino de São José (1935 a 1938), Geraldo Corrêa (1939 a 1940), Joaquim Fernandes Braga (1941 a 1942), José Cândido de Mello Carvalho (1943), Joaquim Mattoso (1944), Antônio Rezende (1945), José de Alencar e José Marcondes Borges (1946), Jurema Soares Aroeira (1947), Aníbal José Alves Torres (1948), Joaquim Campos (1949), Erly Dias Brandão (1950), Sylvio Starling Brandão (1951), Jurema Soares Aroeira (1952 a 1953), Joaquim Mattoso (1954), José Ribeiro Filho (1955), Antônio Secundino de São José (1956 a 1958), Jorge Raymundo Vieira (1959 a 1961), Geraldo Martins Chaves (1962 a 1963), Flávio Augusto D’Araújo Couto (1964 a 1965), Gilberto Pereira de Melo (1966 a 1967), Antônio Secundino de São José (1968 a 1985), Emílio Gomide Loures (1986 a 1997). Desde 1998, a AEA vem sendo presidida pelo professor Gilson Faria Potsch Magalhães. Aí está, em breve relato, o histórico da nossa Associação, possivelmente a única experiência viva, no gênero, em todo o território nacional. A despeito das grandes dificuldades que sempre encontrou e tem encontrado, vem rompendo brilhantemente sua trajetória ao longo dos seus quase 65 anos de existência. Hoje, interligada à rede mundial de computadores, vem tentando estreitar cada vez mais seus contatos e suas relações com seus quase 29.000 associados. Declarada de Utilidade Pública tanto em nível municipal quanto em nível estadual, estamos buscando, agora, torná-la de Utilidade Pública também em nível federal. Confortavelmente instalada na Vila Giannetti, a AEA vem crescendo e necessita crescer ainda mais, para cumprir o seu destino de poder ser útil à Universidade, ao Estado e ao País. Para tanto, esperamos que cada ex-aluno não se furte a prestigiá-la e emprestar-lhe todo o seu apoio moral, material e intelectual, pois somente assim haveremos de colimar, com justeza e em futuro próximo, a plenitude de suas ações, em prol de uma sociedade livre e vitoriosa, pelo valor dos seus filhos.

Viçosa, dezembro de 2000.

Gilson Faria Potsch Magalhães
Presidente da AEA



Nota: A atual Diretoria da Associação dos Ex-Alunos da UFV, eleita no dia 10 de dezembro de 2011 e empossada em 13 de fevereiro de 2012, objetivando dar continuidade aos registros da história e das realizações da entidade, resolveu, por esta nota, abrir espaço para que todas as diretorias, a atual e as futuras, possam aqui relatar as marcas de suas administrações.

Embora o professor Gilson Faria Potsch Magalhães, ex-presidente da Associação, tenha escrito o Histórico da AEA no ano 2000, como revelado no texto precedente e no livro “A Universidade Federal de Viçosa no Século XX” (2. ed. Editora UFV, 2006, p. 360-364), seu mandato perdurou até 13 de fevereiro de 2012, quando passou ao professor Antônio Carlos Ribeiro, eleito presidente em 10 de dezembro de 2011, o comando da Associação. Suas realizações, portanto, compreendendo todo o período 1998-2011, estão todas devidamente assentadas nas 95 atas das reuniões da diretoria e nas das reuniões anuais dos ex-alunos, principalmente na ata da 76a reunião anual, realizada em 10 de dezembro de 2011.

Assim, com esses esclarecimentos preliminares, a atual diretoria, já no seu terceiro período à frente da AEA, passa a relatar suas principais realizações.

Em 10/12/2011, na 76ª Assembleia, foi eleita a nova diretoria para o biênio 2012-2013, tendo como presidente o professor Antônio Carlos Ribeiro. Em 14/12/2013, esta diretoria foi reconduzida para o biênio 2014/2015 e, em 2015, na ocasião da comemoração dos 80 anos da Associação dos Ex-Alunos, foi novamente reconduzida para o biênio 2015-2017, com a substituição de alguns de seus membros (vice-presidente, primeiro secretário e primeiro tesoureiro). As atividades realizadas neste período estão registradas nas 43 atas de reuniões da diretoria da AEA (de números 96 a 139) e nas 4 atas de reuniões anuais da Assembleia da AEA (de números 96 a 99).

Registra-se, em 2013, a visita do Corpo de Bombeiros, após uma vistoria, abordando aspectos de acessibilidade e segurança. Acatando as orientações recebidas, construíram-se novos banheiros sociais e para portadores de necessidades especiais, rampa e escadas de acesso ao salão de festas, rampa de acesso à casa-sede. Em parceria harmoniosa com a Administração Superior da Universidade Federal de Viçosa, a AEA foi contemplada com a possibilidade de construção do “Monumento ao Ex-Aluno”, no terreno situado logo abaixo de sua sede. Além disso, há a possibilidade de se ampliar seu acervo histórico, o que vai demandar a colaboração dos ex-alunos e da UFV, por meio do repasse à Associação de objetos e/ou documentos de importância para a sua memória histórica.

Única no País, a AEA, que já ultrapassou seus 80 anos de existência, está cada vez mais fortalecida pelo aumento do número de ex-alunos, seus incondicionais associados.

Viçosa, julho de 2016.

Diretoria AEA
2012-2017

Associação dos Ex-Alunos da UFV
Vila Giannetti, 49 - Campus Universitário - CEP:36570-000 - Viçosa - MG

e-mail: aeaufv@ufv.br | telefones: (31)3891-2711 e (31)3899-2196 | fax: (31)3899-2206 desenvolvido pela CEAD